Indústria de refrigerantes compromete-se com nova redução de açúcar nas bebidas


A UNESDA – Soft Drinks Europe, anunciou que os representantes da indústria de refrigerantes na Europa se comprometeram a reduzir em mais de 10% a média de açucares nas bebidas entre 2019 e 2025, na União Europeia e no Reino Unido.

Os produtores garantiram que a medida representa uma redução geral de 33% na média de açucares adicionados nos últimos 20 anos, depois da redução de açucares que a indústria alcançou de 2015 a 2019 (média de 14,6%) e de 2000 a 2015 (redução média de 13,3%).

“No final de 2019, a indústria já tinha reduzido 11,4%, valor acima da meta estabelecida”, indica o comunicado divulgado.

Para atingir este objetivo, a indústria de refrigerantes assumiu o compromisso de adotar “uma ampla gama de ações”, onde se incluem a reformulação de receitas para reduzir os açúcares e manter o sabor.

A UNESDA faz parte da PROBEB – Associação Portuguesa das Bebidas Refrescantes Não Alcoólicas, que também se associou a este objetivo.



MelysVida.com