Consumo de suplementos alimentares cresce, mas é preciso garantir segurança, alerta ministra da Agricultura


A ministra da Agricultura notou que o setor dos suplementos alimentares está a crescer perante a alteração dos hábitos de consumo, sublinhando que é necessária uma abordagem multidisciplinar para garantir a segurança dos alimentos.

“O setor dos suplementos alimentares está a crescer, cada vez mais”, afirmou Maria do Céu Antunes, na conferência de alto nível dedicada a esta temática, organizada pelo Ministério da Economia, explicando que esta evolução se deve, sobretudo, à alteração dos hábitos de consumo.

Durante a sessão de encerramento da conferência, a governante referiu que este setor apresenta “constante inovação”, desafios e também oportunidades.

A titular da pasta da Agricultura considerou ainda que a digitalização “é essencial” para fazer face aos novos desafios, sobretudo, devido à pandemia de covid-19, incluindo a garantia da segurança dos alimentos.

Neste sentido, recordou que a estratégia “Do Prado ao Prato” vai também ter um papel essencial no que diz respeito à segurança alimentar, saúde animal e sanidade vegetal.

Por outro lado, Maria do Céu Antunes defendeu que o sistema alimentar dever ser olhado tendo por base uma abordagem multidisciplinar “mais eficiente e baseada numa avaliação de risco”, onde todos os setores são incluídos.

Ainda no âmbito dos suplementos alimentares, a ministra lembrou que para “terem expressividade no mercado” têm que cumprir todos os requisitos exigidos.



MelysVida.com